terça-feira, 10 de janeiro de 2012

ENTREVISTA DE EMPREGO : COMO DETECTAR UM CHEFE RUIM.

Boa Noite Galera,

Há uma revolução no que se diz Recrutador e Candidato muito também devido ao que vivemos hoje, uma carência de profissionais.
Encontrei uma matéria interessante que aborda situações que muitos profissionais passam quando contratados e se deparam com chefes um tanto quanto "diferentes"



vejam :

 EXAME.com consultou especialistas para avaliar quais são os sinais de que a o estilo de gestão e profissional do chefe pode não ser muito conveniente 

para suas perspectivas de carreira e vida.

Evidentemente, ponderações devem ser feitas: “Há dias que a gente não acorda de bem com a vida. Isso afeta o humor e o estado de espírito”, diz Reinaldo Passadori, do Instituto Passadori. Ou seja, os hábitos listados abaixo e nas próximas páginas podem ser indícios de um determinado estilo ou perfil, mas não a palavra final sobre a empresa ou pessoa.



1. Não olha nos seus olhos



E não demonstra qualquer sintoma de empatia por você. “É o tipo que se mostra distante e não se interessa em deixar o candidato numa situação confortável”, diz Rafael Souto, CEO da Produtive.

Isso pode ser expresso no tom de voz do recrutador, geralmente, mais agressivo, e em alguns detalhes de postura, como olhar nos olhos ou cumprimentar com desdém.



2. É uma metralhadora de perguntas ambulante



Nesse sentido, geralmente, este líder dá para a entrevista um tom de quase inquisição. “Ele não comenta as respostas do candidato ou, pior, não o deixa respondê-las completamente”, diz Passadori.

“O recrutador que não dá feedback, não exprime complemento para a resposta ou ainda mostra um certo desprezo pode ser um líder mais distante, desinteressado mesmo”, diz Souto, da Produtive.



3. Faz perguntas invasivas



Ainda nessa toada, geralmente, sinal vermelho quando o recrutador extrapola os limites do profissional e do pessoal. Mais e mais, as entrevistas de emprego exigem perguntas que contemplem a pessoa como um todo. Mas isso não significa que aspectos íntimos da sua vida devam virar pauta da entrevista.

O recrutador que entra por essa linha pode estar com más intenções ou que, simplesmente, quer sondar o quanto você gasta tempo com sua vida para além do trabalho.



4. Dá respostas evasivas

Por outro lado, um recrutador que responde com frases evasivas e monossilábicas pode indicar um chefe que não é aberto com a equipe. Ou alguém que ainda se apoia em uma postura extremamente fechada sobre os procedimentos e bastidores do trabalho.



5. Escolhe os pronomes “errados”

Fique atento também para as escolhas que o recrutador faz. Se ele prefere usar o pronome “eu” em vez de “nós” quando fala sobre conquistas do departamento, cuidado: o chefe pode ser individualista ou simplesmente não saber trabalhar em equipe.


Fonte : Revista INFO


"Agora ja podemos ir mais tranquilos para uma entrevista, pois com essas dicas dadas por esses profissionais aumentamos nosso poder de identificar essas características"
(Edgard Michel)








Nenhum comentário: