quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

BOAS PERSPECTIVAS PARA O EMPREENDEDORISMO EM 2012.

Boa noite Galera,


O Presidente do SESCON- SP, firmou parceria com Frente Parlamentar, e ja veio com propostas para o Empreendedor Individual e para o Simples Nacional......




SESCON-SP oficializa parceria com Frente Parlamentar do Empreendedorismo e da Guerra Fiscal e se une a outras entidades e aos legislativos municipal, estadual e federal em busca de alternativas para o fomento aos pequenos negócios no País.
Durante o seminário, organizado na última segunda-feira pela Frente Parlamentar do Empreendedorismo da Assembleia Legislativa do Estado e pela Frente Parlamentar Mista da Micro e Pequena Empresa do Congresso Nacional, com apoio da Câmara Municipal paulistana, do SESCON-SP e outros órgãos e entidades, foi divulgada a "Carta de São Paulo", que reúne sugestões para a redução dos entraves ao desenvolvimento das micro e pequenas empresas.
Como propostas para inserção no documento, o presidente do SESCON-SP, José Maria Chapina Alcazar, sugeriu um regime de transição entre a figura do Empreendedor Individual e as outras opções do Simples Nacional, o retorno dos benefícios perdidos pelas empresas do sistema simplificado de tributos com o advento da substituição tributária e ainda a separação dos conceitos de domicílio fiscal e local em que os serviços são prestados. "São medidas que simplificam e impulsionam o crescimento dos pequenos negócios", destacou ele.
Outro ponto abordado pelo líder setorial foi o financiamento do Estado pelo próprio contribuinte. "Um pequeno comércio, por exemplo, precisa comprar para produzir, estocar, vender o produto, e ainda dar prazos de 30, 60, 90 dias para receber efetivamente pela mercadoria. Porém, o tributo, na maioria dos casos, é pago na emissão da nota fiscal", explicou o empresário contábil, enfatizando que é preciso flexibilizar os prazos de recolhimento de impostos.
O deputado estadual Itamar Borges oficializou e agradeceu, na oportunidade, a parceria entre SESCON-SP, SEBRAE-SP e a Frente Parlamentar do Empreendedorismo e da Guerra Fiscal, da qual é coordenador. "Juntos, temos muito a trabalhar pelas empresas e as contribuições das entidades são fundamentais", disse.

Participaram do evento, o vice-governador de São Paulo, Guilherme Afif Domingos; o diretor superintendente do SEBRAE-SP, Bruno Caetano; os presidentes da FIESP, ACSP e CRC SP, Paulo Skaf, Rogério Amato e Domingos Chiomento, respectivamente; o secretário Municipal do Microempreendedor Individual, Natanael Miranda dos Anjos, o Secretário Executivo do Ministério da Previdência, Carlos Eduardo Gabas, o presidente da União de Vereadores do Estado, Sebastião Misiara, deputados federais e estaduais, autoridades, representantes de entidades da indústria e do comércio e de vários outros segmentos da sociedade civil.




FONTE :  Assessoria de Imprensa SESCON-SP 


"O SESCON-SP trabalha sempre visando facilitar a vida do empreendedor, e realmente os pequenos empresários precisam de alguém que lute por eles, pois a carga tributária é pesada e isso dificulta muito o empreendedorismo legal"
(Edgard Michel) 

Nenhum comentário: